COMPARATIVO: YAMAHA XTZ 250 LANDER x HONDA XRE 300 x ROYAL ENFIELD HIMALAYAN

Apresentação, Testes, Comparativos.
Avatar do Usuário
admin
Administrador
Mensagens: 4648
Registrado: 16/mai/2015, 01:59
Agradeceu: 47 vezes
Agradeceram: 1 vez

COMPARATIVO: YAMAHA XTZ 250 LANDER x HONDA XRE 300 x ROYAL ENFIELD HIMALAYAN

Mensagempor admin » 27/jan/2019, 12:40


As trail Yamaha Lander e Honda XRE foram completamente renovadas na estética para 2019, ganharam iluminação por LEDs, painéis mais completos e, no caso da Yamaha, mais algumas novidades. A maior mudança das líderes da categoria em mais de dez anos sem dúvida merece a reedição deste teste comparativo, mais um clássico Honda versus Yamaha. E surge outra novidade na categoria, agora uma retrô: a Royal Enfield Himalayan, que acaba de ser lançada na mesma faixa de preço.

mais de 10 anos no mercado Lander 250 e XRE 300 foram reformuladas e a normal que a gente traga para mais um comparativo mas surge no mercado uma outra opção Royal enfield himalayan finalmente começa a ser vendida no Brasil também faixa de preço muito próximo você tem uma opção toque retrô tem concorrente praticamente a mesma potência que atividade ele só que não comercial comparativo com essas e depois apresentar mais esse lançamento 6990 da Lander e de 200 da XR Então você r$ 200 pacotes das duas tem aí vem com ABS nas duas rodas e quanto só na dianteira e o braço oscilante da suspensão também Gil e além do farol e lanterna de LED as luzes de direção Lander continuam as mesmas com lâmpadas incandescentes morte de Jacinta também leva vantagem para Suspensões tem mais cursos são 245mm na frente e 225 atrás na Lander são 220 na dianteira e 204 MM na traseira Além da questão do ABS disco maior de 200 milímetros contra 245 da Yamaha são equivalentes nos dados que mostram as capacidades dos tanques parecidas de pouco mais de 3 L nas duas uma diferença mínima de 200 ml a mais na XRE banco de dois níveis com elevação Central para garupa não escorregar para frente pressão de um cilindro refrigerado a ar com câmbio de 5 marchas na Lander 249cc m versão 291 centímetros cúbicos com quatro válvulas tudo isso são números na prática Como as bases mecânicas são aplicações e uso são comparativo de anos atrás talvez a questão do farol de led com certeza a noite faz uma grande diferença UBS agora na frente que não tinha esse banco anatômico faz muita diferença mas no restante o conjunto é aquele Conjunto das duas que a gente já conhece e talvez com algumas oportunidades até de melhoria que a gente também já conhecia de antes né sim mas estão mais bonitas estão mais chamativas mas são praticamente as mesmas motos você não sente nenhuma diferença de potencia de torque é a mesma Lander que você tinha relação a desempenha a mesma XR e acho que até isso poderia não próximo passo reformular e trazer um pouquinho mais potência por quem tá falando a diferença de preço é pequena um pouquinho mais de r$ 1000 só que as cria entrega eu falando em quase 21 cavalos para 25 cavalos Qual a diferença de uma pegada de Thor que faz diferença no desempenho então a XR ABS ABS na roda dianteira 3 uma situação de pânico baixa tendência eu posso escapar com a roda traseira e também me colocar em risco Então são móveis excelentes essa mecânica super questão 150 para mim se não tiver realmente na estrada numa arrancada muito forte você tá destruindo tudo que aquele motor tem Shopping Recife freios empresa favorável a XRE sente aquela pegada de Frejat mais forte você tem ABS nas duas rodas você tá você tem um concurso acho que ela precisa ter idade dela desconforto entre estrada e urbano também mais completo quero material de baixa cilindrada fugindo das opções mais comuns sem ter que subir para um preço de r$ 25000 de BMW g310gs e Kawasaki versys-x agora tem alternativa da Royal enfield himalayan centro de um cilindro exatamente 411 centímetros cúbico duas válvulas e refrigeração a arte a proposta entregar mais força e torque em rotações menores o que vai muito bem no uso fora de estrada de 3,2 quilograma força metro já é atingido A4 250 RPM e a potência de 24,5 cavalos a6500 antes de Landri XR e também usaram 21 o disco 300 MM com mangueira revestida de aço e o ABS nas duas rodas sonhos têm cursos um pouco menores de 12 na frente e 180 atrás 15 l e o peso maior pelo menos 40 Kg a mais do que manda ele XRS agora uma opção para mim mudou bastante conceito dentro da marca e a Himalaia porque o acabamento dela conforto baixa vibração até falando comparativo é o motor que menos vibrou lógico ela sente o peso a mais né agora esse motor a gente pode pensar que pela cilindrada próxima é o mesmo motor 500 Daniele clássicas é um motor completamente novo já fez um teste Raid motor vibra muito menos se comporta de uma maneira muito diferente ainda é um motor de potência e torque que vem em baixa rotação rotação mais alta não é um motor gerador até porque o motor de duas válvulas né mas ele tem aquele caráter aquela personalidade de uma Trail dos anos 70/80 no som sem o comportamento você ela te traz isso talvez como uma retrô às vezes te traz uma boa nem viu por exemplo né Marley sim eu acho que ela deu um passo adiante que hoje é uma opção totalmente utilizável Você quer uma moto diferente ela essa parte de qualidade Otávio você tem um painel muito mais Lógico que não se compare em relação à performance você tem na japonesas mais Explosiva massagens tudo mais essa daqui para quem quer uma opção de verdade retrô estilo diferente Hoje está tendo muito mais do que os primeiros modelos é uma moto mais pesada tem muito mais a sua que nesses acessórios que já vem com ela isso não tem dúvida nenhuma ela sente né mas cada uma na sua proposta talvez se for olhar friamente como máquina e até para mercado se for comparar com nunca vai ser como máquina nunca vai extrair os mesmos nome performance mas eu acho que e outra proposta né mas me agradou te falo porque as primeiras mais fome aquela vontade de tomar uma cantiga você matava porque você tem uma moto atual de uma confiança maior só que não chegava perto do modelização uma motocicleta normal essa daqui a embalagem já deu um passo muito adiante para mim já é uma motocicleta que eu usaria no dia a dia principalmente por esse composto por a qualidade que aumentou bastante vamos continuar rodando voltar vamos colocar na terra agora voltando da Aventura no Call of Duty off-road até um pouco mais puxado para ver até onde elas vão em questão de suspensão em curso emane habilidade isso quem ainda gosta desse lado do trem você pode fazer uma bota todas com roda 20 e talvez aqui embora seja um tudo bem específico né o freio da Lander não tem o ABS atrás é a gente tava até discutindo comprei um pouquinho borrachudo dianteiro e não tem um ABS na roda traseira que isso para uso Urbano ou rodoviário pode ser um pouquinho ruim mas Nothing holdin' melhora muito para borrachudo não faz com que a gente trava e tão fácil a dianteira você não tem ABS na roda traseira muda tudo numa trilha fechada conseguindo direcionado travando a roda traseira e agilidade é muito boa de álcool muito muito boa a situação dela Se você pegar uma subida e acelerar no meio da subida lá recuperar e uma grande surpresa Tão falando da Rossi mais pesada mas não ficou de lá me deu uma direção muito boa a suspensão achava que seria muito mole porque com garupa nos Urbano achei ela confortável mole falei off-road ela vai sofrer e nada tem culpa chegava no final de curso não chegou e ela não é tão pesada ela consegue direcionar muito bem mesmo mesmo mas a calibração ela tá macia daqui a pouco ela segura ela em vez de chegar nessa o início para Márcio chegar até o final de curso não depois ela endurece e não deixa abater final difícil mas esqueci tem uma diferença ali de uns de uns 20 milímetros é muita coisa né só isso você tinha falado de conjunto você entra na trilha vai para igreja buraco vai direcionando dela ela obedece muito bem a coordenação de pedaleira é muito bonito o celular Motorola C fazer uma cozinha já peguei uma subida ela é mais Explosiva mas a lander cara me inspira fazer portãozinho aqui não faz para ir não mesmo com esse banco anatômico aqui da Lander já tinha o banco de dois níveis né um pouquinho mais de extensão né Tem um pouquinho mais de comprimento aqui você vai encaixadinho muito bem aquele banco que você tá andando você não lembra do banco porque tá no formato certinho Ele não tá incomodando e nem um cantinho unidade de movimentação PDF anatomia e você não faz tanta diferença em relação a lander passada ela tá no meio termo da Tenere da Lane porque o banco Inter está muito bom próprio hoje para eu ir para frente para trás muito rápido para uma coordenação esportiva mas fazer 300 km o banco reto você começa a sentir alguns lugares da perna bunda que cansa mais essa anatomia eu trouxe muito mais por quanto tempo ele está mais lá que você tem mais sustentação para mim Por uma estrada pede profissional dinâmico Valeu pessoal mais uma aventura


Administrador - Manual & Serviço
https://www.manualservico.net

Voltar para “Canal”