Funcionamento dos Motores 2 Tempos - Documentário Dublado Yamaha

Dicas de reparação mecânica e elétrica.
Regras do Fórum
Neste fórum você pode postar dicas de reparação, pode utilizar canais de vídeo como Youtube, Vimeo e etc.
Avatar do Usuário
admin
Administrador
Mensagens: 4706
Registrado: 16/mai/2015, 01:59
Agradeceu: 48 vezes
Agradeceram: 1 vez

Funcionamento dos Motores 2 Tempos - Documentário Dublado Yamaha

Mensagempor admin » 01/abr/2017, 17:07


Bem-vindos ao vídeo sobre teoria e diagnósticos em motores 2 tempos da Yamaha objetivo deste vídeo é fornecer uma visão profunda de como os motores de 2 tempos da Yamaha funcionam bem como mostrar algumas técnicas de Diagnóstico ajustes e manutenção comemos vendo as diferenças entre os motores de 2 e 4 tempos existem quatro funções básicas que qualquer motor de combustão interna deve realizar admissão compressão explosão e escape motor de dois tempos completa esta as quatro operações em apenas uma volta do virabrequim enquanto que o motor de 4 tempos necessita de duas voltas completas do virabrequim para atingir o mesmo resultado é um motor de 2 tempos produtos potência a cada rotação do virabrequim do motor de 4 tempos a cada duas voltas Dove fábrica de móveis também o virabrequim biela e o pistão são as peças básicas de que o motor de dois tempos precisa para completar um ciclo de combustão janelas cuidadosamente posicionada as janelas na parede do cilindro são abertas e fechadas dependendo da posição do cilindro à medida que o pistão se move de cima para baixo no cilindro os gases de escape são liberados de uma nova mistura de ar combustível é admitida para o cárter através da janela de muitas peças móveis para realizar o mesmo trabalho porque ele usa um conjunto de válvulas este conjunto de válvulas geralmente de uma válvula de admissão uma válvula de escape e um eixo comando dependendo do projeto do motor o conjunto de válvulas pode necessitar também de balancim e tuchos e hastes motor de quatro tempos um método muito mais ado e caro De se conseguir combustão interna devido ao fato de que os motores de 2 tempos usam a carcaça como parte do processo de admissão existe outra diferença óbvia em relação aos motores de quatro tempos e misturado com a mistura ar-combustível de circular em um Sistema de lubrificação que usa um cárter cada tipo tem as suas vantagens é claro Portanto o tipo de aplicação do motor torna-se um fator importante para escolher que tipo de motor um determinado produto deve ter as características de peso e potência por exemplo devem ser levadas em consideração a grande potência de um motor de 2 tempos em relação ao seu tamanho é geralmente escolhido para motocicletas motocross motores de polpa de veículos aquáticos um motor de quatro tempos e mais usado em produtos com de características diferentes de potência são necessárias e o peso não é um fator de grande importância como em uma motocicleta grande em a TV agora que já cobrimos as diferenças básicas entre os motores de 2 e 4 tempos vamos dar uma olhada no funcionamento do motor de combustão interna de 2 tempos um bom no projeto seja simples o processo de combustão dos motores de dois tempos é um pouco complicada o processo de admissão começa quando o pistão inicia o seu movimento para cima à medida que o pistão sobe é criado um vácuo dentro do carter o efeito do vácuo faz com que o ar seja admitido no cárter pelo carburador admite ar pelo carburador ele também uma vez é dada a medida que o pistão continua a descer a janela de transferência do cilindro estão abertas a mistura comprimida no cárter é forçada através dessas janelas para câmara de combustão então o Cristão começa a subir fechando a janela de transferência o movimento contínuo de subida do pistão comprime a mistura na câmara de combustão enquanto cria também um vácuo que admite uma nova mistura para o próximo ciclo no tempo de explosão tempo de explosão também comprime a nova mistura de combustível no cárter preparando o próximo processo transferência mas antes que a nova mistura entre na câmera de combustão o topo do pistão abre a janela de escape isto libera os gases Queimados para o tubo de escape comprimida entre para câmara de combustão a nova mistura que está entrando Empurra a mistura queimada para fora pela janela de escape em um processo chamado de limpeza em qual mostraremos mais tarde


Administrador - Manual & Serviço
https://www.manualservico.net

Voltar para “Reparo”